17/11/2021
Doação por meio de jogos

Confira os principais resultados de levantamento conduzido pela CAF America em parceria com a Gamestatix publicado em 2017, que ouviu mais de 100 pessoas que trabalham na indústria dos games. Essa pesquisa foi divulgada em sites do grupo “Gamer Network”, que atrai um público grande de jogadores ao redor do mundo.

 

“Videogames são jogados por centenas de milhares de pessoas ao redor do mundo, desde jogadores que dedicam horas ao seu hobby até pessoas que jogam apenas em seus celulares de vez em quando para passar o tempo em uma viagem de trem. Videogames são um grande negócio e têm o potencial de oferecer bastante apoio para causas boas.

 

Algumas instituições de caridade e desenvolvedores já trabalharam para criar oportunidades de jogo únicas para levantar fundos e aumentar a conscientização. Por exemplo, em 2013, a Cruz Vermelha fez uma parceria com a EA para criar um download especial de Sim City. Enquanto jogadores beneficentes podem encontrar uma ampla gama de jogos disponíveis no Humble Bundle, uma loja online de jogos que doa parte do valor para organizações filantrópicas.

 

Nossa pesquisa, conduzida com apoio da Gamestatix e da GamerNetwork, descobriu que jogadores e desenvolvedores são muito abertos à ideia de apoiar boas causas por meio de jogos.

 

Há uma ampla gama de modos de doar para caridade e apoiar boas causas enquanto você faz algo que gosta, seja assar um bolo, correr uma maratona ou até mesmo desenvolver e jogar videogames. Os números enormes de jogadores ao redor do mundo são um exemplo crescente do modo como a tecnologia está sempre presente em nossas vidas diárias e, enquanto instituições de caridade e seus apoiadores continuam a inventar jeitos divertidos e criativos para arrecadar fundos, a tecnologia será cada vez mais central no modo como as pessoas doam e se envolvem com caridade.” (Susan Pinkney, Chefe de Pesquisa da CAF)

 

Principais achados

 

58% de jogadores doaram para organizações da sociedade civil ao comprar jogos nos últimos 12 meses através de iniciativas como o HumbleBundle

 

59% teriam mais probabilidade de pagar para remover anúncios se parte do dinheiro fosse para organizações da sociedade civil

 

55% fariam compras in-game se a organização estivesse ligada ao jogo

 

67% se juntariam a outros jogadores para arrecadar fundos para organizações

 

59% achavam que não tinham jogado jogos com uma narrativa social ou de filantropia

 

71% acreditam que os desenvolvedores poderiam fazer mais para apoiar as pessoas afetadas pelo tema do jogo

 

64% da imprensa de jogos acha que os desenvolvedores podem fazer mais para apoiar questões sociais ou de filantropia

 

34% acham que os videogames aumentam a conscientização sobre questões sociais e filantropia

 

87% acham que os desenvolvedores estão em uma posição ideal para aumentar a conscientização sobre questões sociais e filantropia

 

17% doaram enquanto jogavam

 

58% estão interessados em doar enquanto jogam

 

63% usariam fundos de carteiras online para doar

 

55% fariam o upgrade dentro do jogo se parte do custo fosse para organizações da sociedade civil

 

52% acolhem mais protagonistas com maior diversidade social

 

60% da indústria acolhe mais protagonistas com maior diversidade social

 

76% acolhem mais protagonistas com deficiências

 

58% acham que os desenvolvedores devem promover a diversidade

 

 

Infográfico original (em inglês) disponível aqui.

Você pode gostar também
23/08/2021
Pesquisa Doação Brasil
Nova edição do levantamento realizado em 2015 que mapeou pela primeira vez os hábitos de doação dos indivíduos no Brasil. Coordenada pelo IDIS (Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social), contou com a participação de especialistas no campo da cultura de doação no Brasil. Traça um comparativo com a primeira edição, e aborda de forma inédita os efeitos da pandemia da Covid-19 no ecossistema doador.…
Ler mais
18/08/2021
Global Philanthropy Tracker 2020
A Escola de Filantropia da Família Lilly, da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, pesquisou as contribuições filantrópicas internacionais feitas a partir de 2018. Ao identificar as iniciativas individuais e institucionais de apoio a causas além das fronteiras dos países, o trabalho buscou oferecer uma imagem mais completa dos fluxos de doações pelo mundo. O relatório do Global Philanthropy Tracker 2020 analisou as movimentações internacionais…
Ler mais
18/08/2021
Edelman Trust Barometer 2020
A agência global de comunicação Edelman divulgou em 2020 a 20ª edição do seu estudo anual de confiança e credibilidade: o Edelman Trust Barometer. A pesquisa entrevistou mais de 34 mil pessoas em 28 países em 2019. O resultado apontou que os brasileiros estão mais confiantes nas empresas, no governo, na mídia e em ONGs, o que fez com que o índice geral do país…
Ler mais